5 TÉCNICAS PARA AJUDAR O BEBÊ A ARROTAR

TÉCNICAS PARA AJUDAR O BEBÊ A ARROTAR

TÉCNICAS PARA AJUDAR O BEBÊ A ARROTAR

TÉCNICAS PARA AJUDAR O BEBÊ A ARROTAR
TÉCNICAS PARA AJUDAR O BEBÊ A ARROTAR

Fazer o bebê arrotar é importante porque ajuda a evitar o acúmulo de ar no estômago do bebê, e com técnicas para ajudar o bebê a arrotar, podemos tirar o que pode causar desconforto, irritação e até mesmo dor abdominal. Quando o bebê mama, ele engole ar junto com o leite, e se esse ar não for liberado, pode causar uma sensação de plenitude e desconforto no estômago.

 Além disso, quando o bebê não arrota após a mamada, o ar pode ficar preso no esôfago, levando a regurgitação ou refluxo gastroesofágico. Essa condição ocorre quando o conteúdo do estômago retorna para o esôfago, o que pode causar irritação e desconforto no bebê siga as técnicas para ajudar o bebê a arrotar.

 Outra razão pela qual é importante fazer o bebê arrotar é para evitar que o ar entre nos pulmões, o que pode levar a problemas respiratórios. Quando o bebê engole ar, pode ocorrer um refluxo de ar do estômago para os pulmões, o que pode levar a infecções respiratórias, como bronquite ou pneumonia, sigas as técnicas para ajudar o bebê a arrotar

Fazer o bebê arrotar também pode ajudar a garantir que ele esteja recebendo a quantidade adequada de leite durante a mamada. Quando o bebê engole ar, ele pode ficar satisfeito mais rapidamente, o que pode levar a interrupções precoces da mamada e a uma ingestão insuficiente de leite.

 VEJA AS TÉCNICAS PARA AJUDAR O BEBÊ A ARROTAR

 Fazer o bebê arrotar é fácil e pode ser feito após cada mamada. Existem várias técnicas para ajudar o bebê a arrotar

1.    Mantenha o bebê em posição vertical: segure o bebê com o queixo apoiado no ombro e mantenha-o em posição vertical. Isso ajuda o ar a subir e sair do estômago.

2.    Faça movimentos suaves: faça movimentos suaves nas costas do bebê, como acariciar ou dar tapinhas leves. Isso pode ajudar a liberar o ar preso.

3.    Utilize uma fralda de pano: coloque uma fralda de pano sobre o ombro para protegê-lo de possíveis regurgitações ou vômitos.

4.    Espere alguns minutos: se o bebê não arrotar imediatamente, espere alguns minutos e tente novamente.

5.    Evite balançar o bebê: balançar o bebê após a mamada pode fazer com que o leite suba novamente e cause desconforto.

Se o bebê não arrotou após a mamada, não há motivo para preocupação imediata. No entanto, é importante monitorar o bebê para ver se ele apresenta algum desconforto, como inquietação, choro excessivo ou regurgitação, siga as técnicas para ajudar o bebê a arrotar

Se o bebê estiver com desconforto, pode-se tentar fazer com que ele arrote novamente. Algumas técnicas para ajudar o bebê a arrotar.

1.    Segure o bebê em posição vertical e faça movimentos suaves nas costas para ajudar a liberar o ar preso.

2.    Coloque o bebê em posição deitada de lado por alguns minutos para ajudar a aliviar o desconforto.

3.    Mude a fralda do bebê ou troque a roupa para ajudá-lo a se sentir mais confortável.

4.    Faça massagem suave na barriga do bebê para ajudar a aliviar a sensação de plenitude.

Se o bebê ainda não arrotar após essas tentativas, não há necessidade de se preocupar excessivamente. O importante é monitorar o bebê para ver se ele apresenta quaisquer sinais de desconforto ou outros sintomas, como vômitos ou dificuldade em respirar. Se o bebê apresentar algum desses sintomas, é importante consultar um pediatra imediatamente.

 Além disso, é importante lembrar que nem todos os bebês precisam arrotar após cada mamada. Alguns bebês podem ser menos propensos a engolir ar durante a alimentação ou podem liberá-lo naturalmente. Portanto, se o bebê não apresentar desconforto e estiver ganhando peso normalmente, não há necessidade de se preocupar com a falta de arroto após a mamada.

QUANTO TEMPO ESPERAR PELO ARROTO APÓS TER UTILIZADO AS TÉCNICAS PARA AJUDAR O BEBÊ A ARROTAR

 O tempo necessário para que um bebê arrote após a mamada varia de bebê para bebê e depende de vários fatores, como a quantidade de ar engolida durante a alimentação e a eficácia das técnicas para ajudar o bebê a arrotar.

Em geral, é recomendado esperar de 5 a 10 minutos após a mamada para tentar fazer o bebê arrotar. Durante esse tempo, o bebê terá a oportunidade de liberar naturalmente qualquer ar que tenha engolido durante a alimentação. Se o bebê não arrotar durante esse período, é possível tentar algumas técnicas para ajudar o bebê a arrotar

 No entanto, é importante lembrar que nem todos os bebês precisam arrotar após cada mamada. Alguns bebês podem ser menos propensos a engolir ar durante a alimentação ou podem liberá-lo naturalmente. Portanto, se o bebê não apresentar desconforto e estiver ganhando peso normalmente, não há necessidade de se preocupar com a falta de arroto após a mamada.

Por outro lado, se o bebê estiver inquieto, irritado ou com desconforto abdominal após a mamada, pode ser uma indicação de que ele precisa arrotar. Nesse caso, é importante tentar fazer com que o bebê arrote o mais rápido possível para aliviar o desconforto.

 É importante lembrar que cada bebê é único e pode ter necessidades diferentes, então confie em seus instintos e peça ajuda quando precisar. Se tiver alguma dúvida ou preocupação sobre o arroto do seu bebê, consulte um pediatra para obter orientação sobre a saude do seu filho.

 Conto com a sua inscrição no Instagram, hein?! Prometo que trago, sobretudo, conteúdo de qualidade para facilitar a sua vida.

Ah! Se você gostou desse post, leia também: COMO CRIAR UMA ROTINA PARA O SONO DO BEBÊ.

 

Você Também Pode Gostar​

MANCHA MONGÓLICA EM BEBÊS
MANCHA MONGÓLICA EM BEBÊS

MANCHA MONGÓLICA EM BEBÊS
É bastante comum que os bebês nasçam com manchas, que também são conhecidas como manchas de nascença.

Deixe um comentário

Mais Lidos...