TDAH: DESVENDANDO OS SEGREDOS DO CÉREBRO HIPERATIVO – COMO AJUDÁ-LOS A ALCANÇAR O SUCESSO.

TDAH

TDAH: DESVENDANDO OS SEGREDOS DO CÉREBRO HIPERATIVO – COMO AJUDÁ-LOS A ALCANÇAR O SUCESSO 

Hoje vamos falar sobre   Transtorno do Déficit de Atenção e Hiperatividade, mais conhecido como TDAH, é um transtorno neurobiológico que afeta cerca de 5 a 8% da população mundial, segundo a Organização Mundial da Saúde (OMS).

Caracterizado por sintomas como impulsividade, desatenção e hiperatividade, o TDAH pode trazer diversos desafios para quem convive com ele.

Um dos principais desafios do TDAH é o preconceito e a falta de compreensão por parte da sociedade. Muitas vezes, pessoas com TDAH são rotuladas como preguiçosas, desinteressadas ou até mesmo mal-educadas, o que pode gerar baixa autoestima e dificuldades de relacionamento interpessoal.

É importante que as pessoas entendam que o TDAH é um transtorno real e que as pessoas afetadas por ele precisam de suporte e compreensão.

Outro desafio do TDAH é a dificuldade de concentração e foco. Pessoas com TDAH podem ter dificuldades para completar tarefas, estudar ou até mesmo prestar atenção em uma conversa por mais de alguns minutos. Isso pode impactar negativamente a vida acadêmica, profissional e social, e é necessário que sejam adotadas estratégias para ajudar a lidar com essa dificuldade, como o uso de medicação, terapia e técnicas de organização.

A impulsividade também é um desafio do TDAH. Pessoas com esse transtorno podem ter dificuldade para controlar seus impulsos, o que pode resultar em comportamentos impulsivos e até mesmo perigosos, como dirigir em alta velocidade, atravessar a rua sem olhar para os lados, entrar na frente de um carro ou envolver-se em brigas. É importante que essas pessoas recebam ajuda para controlar seus impulsos e tomem medidas para evitar situações de risco.

Por fim, a hiperatividade pode ser um grande desafio para quem convive com o TDAH. Pessoas com esse transtorno podem sentir a necessidade constante de se mover, o que pode dificultar o relaxamento e o descanso. Além disso, a hiperatividade pode gerar desconforto físico e emocional, o que pode afetar a qualidade de vida. Nesse caso, é importante buscar formas de liberar a energia de forma saudável, como praticar exercícios físicos ou atividades que envolvam movimento.

Em resumo, o TDAH é um transtorno complexo que pode trazer diversos desafios para quem convive com ele. No entanto, é importante lembrar que é possível lidar com esses desafios e ter uma vida plena e feliz. Com o suporte adequado, as pessoas com TDAH podem desenvolver habilidades para lidar com suas dificuldades e aproveitar ao máximo suas habilidades e potencialidades.

Há diversas estratégias que você pode utilizar para ajudar alunos com TDAH a desenvolver atividades em sala de aula.

 Organize a sala de aula: A organização da sala de aula pode fazer uma grande diferença no desempenho dos alunos com TDAH. Certifique-se de que a sala de aula esteja organizada e livre de distrações, como objetos desnecessários, luzes muito fortes ou ruídos desnecessários. Considere também separar os alunos com TDAH dos demais (por em carteiras próximas ao professor) para minimizar as distrações.

Divida a atividade em partes menores: Dividir a atividade em partes menores pode ajudar os alunos com TDAH a focarem melhor e manterem a atenção por períodos mais curtos. Instrua os alunos com TDAH a trabalharem em partes menores da atividade, uma de cada vez, e a tomarem pequenas pausas para descansar entre cada parte.

Forneça instruções claras e diretas: Instruções claras e diretas podem ajudar os alunos com TDAH a entenderem melhor o que é esperado deles. Quando apresentar a atividade, forneça instruções claras e simples, divididas em partes menores e fáceis de seguir.

Ofereça feedback positivo: O feedback positivo é fundamental para ajudar os alunos com TDAH a se manterem motivados e engajados. Certifique-se de oferecer feedback positivo sempre que possível, elogiando os alunos pelo seu esforço e progresso.

Ofereça ajuda quando necessário: Alunos com TDAH podem precisar de ajuda extra para completar as atividades. Certifique-se de estar disponível para oferecer ajuda quando necessário, respondendo a perguntas e fornecendo orientações adicionais, caso necessário.

Permita a escolha de atividades: Permitir que os alunos com TDAH escolham entre diferentes atividades pode ajudá-los a se envolverem mais nas tarefas e a manterem o interesse por períodos mais longos. Ofereça uma variedade de atividades para escolha, permitindo que os alunos com TDAH escolham aquelas que lhes são mais atraentes.

Use recursos de tecnologia: Tecnologias com os tablets e aplicativos educacionais podem ajudar os alunos com TDAH a se manterem envolvidos nas atividades e a melhorar seu desempenho. Considere o uso de tecnologias que possam ajudar a desenvolver habilidades específicas, como leitura, escrita e matemática entre outros.

Lembrando que cada aluno com TDAH é único e pode precisar de estratégias diferentes para se envolver nas atividades. O importante é estar aberto a testar diferentes abordagens e adaptar as atividades às necessidades de cada aluno.

Siga nosso Instagram para acompanhar conteúdos incríveis.

Leia também Guia para Mamãe.

Você Também Pode Gostar​

MANCHA MONGÓLICA EM BEBÊS
MANCHA MONGÓLICA EM BEBÊS

MANCHA MONGÓLICA EM BEBÊS
É bastante comum que os bebês nasçam com manchas, que também são conhecidas como manchas de nascença.

Deixe um comentário

Mais Lidos...